sábado, 24 de maio de 2008

Flores


Por dias instalei um silêncio de palavras,





mas por dentro elas cresciam em mim,





omo sementes quando germinam e buscam o ar.





E agora assim,





em meio uma música harmônica,





elas dão flores em pleno inverno.





Sua água é a sede de nascer.





Dar frutos cheirosos.





Encher a boca de salíva.





Molhar a vida





Que quase nunca pulsou tanto assim.





Sem amores demais nem de menos...





Como diz ao beija-flor





Meu amor está em tudo





E nos olhos que não vejo"









Para minha amiga de letras *Emely*

6 comentários:

Emely disse...

Adoro receber presentes quando meu sorriso ja nao eh mais como o de antes...me renova!
Da Brilho a meus Olhos e Caminhos a meus Pés!!!

Mto Obrigada de coraçao Sincero
=* Paz Bjus e Flores

Emely disse...

ps: tb postei meu presente Lindo!
=*
=)

woody disse...

Já que o tema é letra, vou indicar uma: heartbeats do José González, vc como estudante de publicidade já deve conhecer... muito boa!

Até!

Suelen Dias disse...

Queridissima... Vim te ver!
Tudo tão corrido em minha vida, tantas mudanças, mas não esqueço de vc! (rimou? ahahaha)

Como sempre, seu blog cheio de novidades diferentes!
Espero que a cada dia você se encontre cada vez mais, assim é com todo mundo, né? Eu vivo em dúvida...Será que me achei? Prefiro até pensar que não, senão a busca termina.

Beijos,
Su.

Lia disse...

Lindo demais, Laís!
Beijo apertado
*=
.

Emely disse...

Laaaa cade voce?